Torcedora do Botafogo foi vítima de agressão dentro do Nilton Santos

Uma torcedora do Botafogo foi vítima de um soco no rosto durante a vitória do time sobre o Red Bull Bragantino na última quarta-feira (8), no Estádio Nilton Santos. 

A agressão teria acontecido após a companheira do agressor jogar um copo para cima, que atingiu a vítima. Ao reclamar, ela foi agredida pelo homem. Para saber mais detalhes acompanhe as informações a seguir no Portal do Botafoguense.

Torcedora do Botafogo é agredida em estádio e agressor é banido de jogos

Seguranças intervieram para conter o agressor e evitar que ele fosse linchado. A vítima prestou queixa no Juizado Especial Criminal (Jecrim) e o agressor foi obrigado a pagar R$ 3 mil para a instituição Pro Criança Cardíaca, além de ser afastado dos jogos do Botafogo até que a medida seja cumprida.

O Botafogo lamentou o ocorrido e disse que está agindo para que o agressor, já identificado, seja banido dos próximos jogos e excluído do quadro de sócio-torcedores. 

O clube também possui uma parceria com a Delegacia de Atendimento à Mulher, que oferece um posto especializado para receber denúncias de crimes contra as mulheres durante os jogos.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

O caso da torcedora do Botafogo reforça a importância da campanha #AHoraDelas, que visa combater a violência contra a mulher no futebol. A iniciativa conta com a parceria do Botafogo e da Delegacia de Atendimento à Mulher, e oferece um posto especializado para receber denúncias durante os jogos.

Medidas contra o agressor

O agressor da torcedora do Botafogo foi afastado dos jogos do time e terá que pagar R$ 3 mil para a instituição Pro Criança Cardíaca. O clube também está trabalhando para bani-lo dos próximos jogos e excluí-lo do quadro de sócio-torcedores.

Combate à violência no futebol

A violência no futebol é um problema sério que precisa ser combatido. O caso da torcedora do Botafogo é um exemplo de como essa violência pode afetar qualquer pessoa, inclusive mulheres.

É importante que as medidas tomadas contra o agressor sejam um exemplo para que outros casos como este não se repitam. O futebol precisa ser um espaço seguro para todos os torcedores.