Textor não está para brincadeira: Botafogo contratou o melhor goleiro do Brasileirão

No final do ano passado, após perder o título do Campeonato Brasileiro para o Palmeiras, John Textor prometeu reforços ao torcedor. Segundo ele, o time teria mais investimentos e nomes de peso, para chegarem e vestirem a camisa:

“Temos um orçamento e não vou deixar ninguém me dizer como gastar. Posso te prometer isso. Temos um orçamento, uma excelente equipe de scouting. Nós reunimos um baita elenco, os jogadores ‘sem nome’ ano passado e encontramos uma forma de sobreviver e avançar. Fizemos a mesma coisa esse ano, ficamos melhores a cada janela e vamos ser um pouco mais agressivos” – disse.

Com a saída de Perri, John foi ao mercado e arriscou. Poucas pessoas confiavam tanto no goleiro quanto Textor. John no futebol brasileiro havia passado por Santos e Internacional e feito bons trabalhos mas será que estaria pronto para assumir o gol do Glorioso?

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Textor acertou em aposta

O jovem goleiro chegou, e em pouco tempo teve a infelicidade de se machucar. Gatito começou o ano como titular, até mesmo por já estar no Botafogo e depois que voltou a estar 100% John ganhou a posição e tem feito de tudo para não perdê-la.

Para se ter uma ideia, John é o goleiro com a maior Nota nas últimas duas edições do Campeonato Brasileiro segundo o Sofascore. O aplicativa analisa estatística de milhares de jogadores dos times que tem em seu sistema.

16 jogos foram analisados, entre Botafogo e Inter. O goleiro sofreu apenas 10 gols, fez 53 defesas e tem uma média de 9.63 de gols evitados. Além disso são 84% de bolas defendidas, 50% de jogos sem sofrer gols, ou seja, em oito não sofreu e tem uma Nota Sofasce de 7.31.

Bom goleiro, torcedor?