Quem é o artilheiro do estádio Nilton Santos?

Sebastián Abreu, mais conhecido como Loco Abreu, é um dos nomes mais icônicos da história recente do Botafogo. 

O uruguaio, que atuou pelo Alvinegro entre 2010 e 2012, deixou uma marca indelével no clube e, especialmente, no Estádio Nilton Santos, onde se consagrou como o maior artilheiro da casa. Para saber mais detalhes acompanhe as informações a seguir no Portal do Botafoguense.

Loco Abreu: o artilheiro do Estádio Nilton Santos

Loco Abreu disputou 107 partidas pelo Botafogo, nas quais marcou impressionantes 63 gols. Destes, 41 foram anotados no Estádio Nilton Santos, um recorde que permanece imbatível até hoje. 

Sua estreia pelo clube, no entanto, foi longe de ser auspiciosa. Na Taça Guanabara de 2010, o Botafogo foi derrotado por 6 a 0 pelo Vasco, com Abreu sendo substituído no intervalo.

O grande momento de Loco Abreu com a camisa alvinegra veio na decisão da Taça Rio de 2010. O atacante converteu um pênalti de cavadinha contra o goleiro Bruno, do Flamengo, garantindo o título para o Botafogo e quebrando uma sequência de três anos como vice-campeão estadual. Essa cobrança emblemática solidificou seu status de herói entre os torcedores.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Outro episódio marcante ocorreu em um clássico contra o Fluminense, quando Loco Abreu teve a audácia de cobrar dois pênaltis de cavadinha no mesmo jogo, após ter perdido o primeiro. Na celebração, fez o gesto dos “huevos”, mostrando sua personalidade e confiança.

Fora dos gramados, Loco Abreu sempre teve uma relação peculiar com a imprensa, protagonizando momentos engraçados e polêmicos. Sua passagem pelo Botafogo terminou de forma conturbada em 2012, após desentendimentos com o técnico Oswaldo de Oliveira.

Apesar disso, sua contribuição para o clube é inegável, e seu nome permanece gravado na história do Botafogo e do Estádio Nilton Santos como o maior artilheiro do templo alvinegro. Confira aqui alguns dos gols do ex-atacante do Glorioso.