Pai do Gatito Fernández já deu o OK e goleiro topou jogar no Internacional

Na década de 1990, o legado de Roberto “Gato” Fernández, pai do renomado goleiro Gatito Fernández, continua a reverberar nos corações dos torcedores do Sport Club Internacional. 

Em um momento marcante para o clube gaúcho, Gato Fernández aceitou o desafio de vestir a camisa colorada e escrever seu nome na história do futebol brasileiro, naquela ocasião.

Ídolo do Internacional na década de 1990, Roberto “Gato” Fernández, pai de Gatito Fernández, é lembrado por sua contribuição histórica

Chegando ao Rio Grande do Sul em 1991, Gato Fernández rapidamente se tornou parte integrante do Clube do Povo. 

Sua presença foi fundamental na conquista do Campeonato Gaúcho, desempenhando um papel crucial dentro de campo. No entanto, foi no ano seguinte que ele alcançou o ápice de sua glória futebolística.

Em 1992, Gato Fernández foi um dos protagonistas na jornada do Internacional rumo à taça da Copa do Brasil. Sua atuação magistral em disputas de pênaltis contra Palmeiras e Grêmio deixou uma marca indelével na memória dos torcedores. 

Seus reflexos ágeis e sua determinação incansável foram essenciais para o triunfo do clube vermelho, consolidando seu status como um dos ídolos mais queridos daquela época.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Hoje, a memória de Gato Fernández continua a inspirar gerações, e seu legado perdura nos corações dos apaixonados pelo futebol e pelo Internacional. Seu nome está eternizado entre os grandes ídolos que ajudaram a forjar a história gloriosa do clube gaúcho.

Sobre o Botafogo

O Botafogo está em busca de um novo treinador após a saída de Tiago Nunes. John Textor, proprietário da SAF do Botafogo, está procurando por um técnico com visão de médio e longo prazo para o clube e descarta a contratação de alguém com foco exclusivo na classificação para a fase de grupos da Libertadores.

Consequentemente, o auxiliar Fábio Matias assume o comando do Botafogo. Até o momento, o Botafogo anunciou a contratação de dez reforços neste início de ano: o goleiro John, o lateral-direito Damián Suárez, os zagueiros Alexander Barboza, Lucas Halter e Pablo, o volante Gregore e os atacantes Emerson Urso, Savarino, Jeffinho e Luiz Henrique.