Novo reforço chegou no Botafogo: Tiago Nunes está pulando de alegria

A lateral direita do Botafogo já tem novo dono. Vaga desde a saída de Di Plácido no ano passado, agora, o Botafogo tem um novo jogador para a posição. Damián Suárez que estava no Getafe da Espanha já desembarcou no Rio de Janeiro.

Agora, o lateral que estava no clube espanhol por há mais de nove anos deve passar por exames, assinar contrato e já treinar com seus novos companheiros. Após a derrota contra o Flamengo na noite de ontem, onde Mateo Ponte foi o titular na posição, Tiago Nunes falou sobre a chegada do uruguaio:

“A gente precisa de um processo contínuo de formação de jogadores. Quando você traz um jogador com essa bagagem, de seleção uruguaia, com tantos anos de Europa, você não só agrega qualidade e experiência, mas também ajuda na formação dos mais jovens. A gente tem o Mateo Ponte, que é um jovem, e agora tem um jogador que vai ajudá-lo na própria formação do Mateo naquela posição. Então é um processo de continuidade, de renovação. Nós temos um jogo como hoje, por exemplo, que essa pitada de experiência, de liderança, vai fazer a diferença. Você vai jogar um jogo na altitude, seja contra Aurora ou Melgar, ou mesmo os jogos do Brasileiro nesse nível… quanto mais jogadores com bagagem você tiver, maior é a chance de você sofrer nessa reta final como foi hoje” – disse o treinador.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Botafogo só tem a ganhar

Mesmo com a chegada de Damián, também na coletiva, Tiago fez questão de elogiar a participação de Ponte de apenas 20 anos no clássico. Foi a primeira partida do jovem jogador como titular no ano e por mais que tenha errado em alguns lances, demonstrou personalidade. O comandante também destacou que acompanhou os treinamentos de Mateo pela seleção por conta do contato com Bielsa:

“Então vi o Mateo todos os dias. E o que ele demonstrou me passou a confiança de que ele poderia jogar. A própria conversa com o Bielsa me passou essa confiança sobre o jogador. E depois a bola não te pergunta idade, mas se você gosta dela, se não joga jogos importantes e não sente a pressão do ambiente. O Mateo mostrou que se sente à vontade nesse ambiente. Ele pode errar tecnicamente, taticamente, mas mentalmente ele estava muito forte. E isso dá confiança no treinador que pode utilizá-lo” – completou.

O Botafogo só tem a ganhar com isso, dois jogadores prontos para atuar em qualquer partida que o time precisar. Além disso, Damián tem muito a ensinar a Mateo Ponte, que inclusive dividem a mesma nacionalidade e posição.