Luís Henrique confirmou que vai jogar no Botafogo

Atualmente, no elenco do Botafogo existe um Luiz Henrique, mas não é desse que falaremos no dia de hoje. O Luís Henrique em questão é um atacante, que esteve no Botafogo entre 2015 e 2017, quando ainda era da categoria de base.

Luís não chegou a jogar muito no profissional pelo clube mas era visto como uma grande promessa da base do Glorioso. O centroavante no entanto, preferiu sair do clube para fechar com o Athletico Paranaense, por conta do projeto de carreira que tinha:

“Quando subo para o profissional do Botafogo, em junho de 2015, subo em uma segunda e na sexta estou estreando. Foi uma diferença de realidade bizarra, de segunda estar no sub-17, jogava sempre, era titular absoluto. Saio do sub-17 que não tem pressão de torcida para treinar quatro dias com profissional e estrear com Engenhão lotado, fazer dois gols, mudando minha história no futebol, me apresentando. Mudou minha carreira da água para o vinho em quatro dias. É um baque para um moleque de 17 anos.” – disse o jogador ao “Resenha com TF“.

Escolhas atrapalharam Luís Henrique

Sua saída não foi nada legal do clube, afinal, era visto como uma das maiores promessas da base e seus empresários o aconselharam a fechar com o clube paranaense. O atacante também explicou como foi essa decisão:

Não renovamos o tempo de contrato, o clube agilizou para aumentar salário e multa rescisória, o contrato era até o meio de 2017. Acho que esse tenha sido o começo do erro. Se renovasse o tempo de contrato, não teria os problemas que tivemos. Aumentou salário e multa, fiquei o resto da temporada, ficamos no impasse da renovação. O clube não tinha o projeto que eu achava que seria ideal para mim, acabamos optando por ir para o projeto do Athletico-PR, que na minha cabeça era muito melhor. Tudo bem que se botar na balança que o Botafogo de hoje não é o daquela época internamente é outro ponto. Foi um erro meio a meio, meu por não ter maturidade e paciência de entender que já estava no Botafogo, clube grande, com torcida, que me daria tudo o que eu precisava. Camisa forte, clube que me criou. Não tive essa calma e paciência de analisar tranquilo essa parte” – admitiu.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Por fim, o atacante ainda revelou que tem vontade de retornar ao Botafogo:

“Ainda digo que em algum momento, de alguma forma, ainda volto a me relacionar com o Botafogo. Seja em campo ou fora. Sempre tive um aporte com o clube muito bom. Foi o clube que mudou minha história. Depois que atleta vira profissional não torce mais para time, mas o Botafogo mudou minha história profissional. Se não estreio fazendo o que fiz, minha carreira seria outra, estaria jogando na várzea hoje em dia. O Botafogo me lançou e mudou minha história, tenho carinho gigante. Mas futebol é profissional, temos que saber separar o lado emocional.” – completou o jogador que atualmente está no Livorno, da quarta divisão italiana.