Júnior Santos dá relato emocionante sobre saída do Botafogo

Em uma temporada de destaque e superação, Júnior Santos tem sido o nome em alta no Botafogo em 2024. Com 18 gols já marcados no ano, o atacante vive seu melhor momento artilheiro na carreira. 

Mas além dos números impressionantes,Júnior revelou enfrentar uma batalha pessoal contra a depressão. Para saber mais detalhes acompanhe as informações a seguir no Portal do Botafoguense.

Júnior Santos marca história no Botafogo com recorde de gols e superação pessoal

O jogador, que completará 100 jogos pelo Botafogo nesta quarta-feira(19), durante a partida contra o Athletico-PR no Estádio Nilton Santos às 19h, refletiu sobre sua jornada no clube. 

“Minha segunda volta. Eu sentia que tinha algo a conquistar, algo a fazer no Botafogo e que a minha missão não estava completa. Quando não consegui ficar (na primeira passagem), fiquei muito triste, sofri até um início de depressão e tudo. Eu senti que tinha algo a fazer aqui. Quando voltei, fiquei muito feliz. Vi que ainda não tinha acabado, e Deus me deu uma segunda chance de estar aqui. Foi muito gratificante”, revelou Júnior.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Contratado inicialmente por empréstimo do Sanfrecce Hiroshima em uma janela discreta, Júnior Santos rapidamente se tornou peça fundamental no esquema de Luís Castro, assumindo a titularidade na ponta direita. Apesar de uma breve passagem pelo Fortaleza em 2023, o jogador retornou ao Botafogo no mesmo ano, atendendo a um pedido do treinador.

O desempenho de Júnior Santos em 2024 impressiona: são 33 jogos, 18 gols e 5 assistências, números que refletem sua importância no ataque alvinegro. Apesar de não ter sido possível um acordo para sua compra junto ao clube japonês, seu retorno ao Botafogo provou ser uma decisão acertada, tanto para ele pessoalmente quanto para o clube que o acolheu novamente com entusiasmo.

Com o apoio da torcida e o reconhecimento de seu técnico e colegas, Júnior Santos continua sua trajetória no Botafogo, agora não apenas como um atacante talentoso, mas também como um exemplo de resiliência e determinação.