Inacreditável! Mais uma vez a arbitragem deixou o Palmeiras passar ileso

Na última partida entre Palmeiras e Red Bull Bragantino, ocorrida ontem (20) no Allianz Parque, um incidente chamou a atenção dos torcedores e gerou polêmica nas redes sociais. Gabriel Menino, meio-campista do Palmeiras, acertou o rosto de Juninho Capixaba durante uma disputa de bola. 

O jogador palmeirense pediu desculpas imediatamente, e o jogo seguiu sem que o árbitro aplicasse qualquer cartão a Menino. Para saber mais detalhes acompanhe as informações a seguir no Portal do Botafoguense.

Gabriel Menino do Palmeiras atinge Juninho Capixaba no rosto e pede desculpas imediatamente; árbitro não aplica cartão ao jogador palmeirense

O episódio gerou reações de torcedores e perfis oficiais nas redes sociais. O perfil oficial do Botafogo, @fogaonet, comentou o lance de forma irônica: “Tudo normal, rapaziada?”. Já o perfil @FireOMT expressou indignação: “Não ter dado amarelo é inacreditável.”

Essa controvérsia ocorre em um contexto de tensão recente entre Botafogo e Palmeiras. John Textor, dono da SAF do Botafogo, criticou o clube paulista em suas redes sociais após a expulsão do atacante Hulk na partida entre Palmeiras e Atlético-MG, que terminou com a vitória alviverde por 4 a 0 na Arena MRV, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Textor provocou o Palmeiras mencionando o número de cartões recebidos pelo adversário: “Dois cartões amarelos em nove jogos; você precisa melhorar o ritmo para alcançar o número do ano passado!”. Em outra ocasião, ele criticou o fato de o Verdão ter disputado 11 jogos na temporada de 2023 em que o adversário teve um jogador expulso.

A relação entre os dois clubes ficou ainda mais tensa após a vitória do Palmeiras sobre o Botafogo por 4 a 3, de virada, na reta final do Campeonato Brasileiro de 2023. Naquele jogo, Adryelson, do Botafogo, foi expulso enquanto o time carioca vencia por 3 a 1. Logo em seguida, Tiquinho Soares desperdiçou um pênalti, e o Palmeiras conseguiu a virada.

Apesar das controvérsias, com a vitória de ontem sobre o Red Bull Bragantino por 2 a 1, o Palmeiras chegou aos mesmos 20 pontos e oito gols de saldo do Botafogo, mas fica atrás no número de gols marcados (13 contra 17 do Glorioso). A disputa acirrada entre os clubes segue alimentando a rivalidade e a troca de provocações, tanto dentro de campo quanto fora dele.