Dono abriu mão e abandonou o Botafogo

Após a emocionante vitória do Botafogo sobre o Sampaio Corrêa pela Taça Rio, o diretor de futebol do clube, André Mazzuco, anunciou sua despedida em um longo e comovente depoimento na sala de imprensa do Estádio Nilton Santos. 

Mazzuco, que liderou o clube por dois anos intensos, decidiu deixar o Botafogo em busca de um novo desafio, aceitando uma proposta do Athletico-PR e retornando à sua cidade natal, Curitiba. Para saber mais detalhes acompanhe as informações a seguir no Portal do Botafoguense.

Diretor de Futebol do Botafogo, André Mazzuco, se despede emocionado após vitória na Taça Rio

Em suas palavras finais, Mazzuco expressou profunda gratidão pela oportunidade de liderar um clube tão histórico e querido como o Botafogo. 

Ele destacou a confiança depositada nele pelo presidente John, a quem dedicou sinceros agradecimentos. Mazzuco também enfatizou a importância de seu parceiro no trabalho, Alessandro Brito, reconhecendo a sintonia e o esforço conjunto que tornaram possível o sucesso do projeto no Botafogo.

O agora ex-diretor de futebol deixou claro que o clube está em boas mãos e que o projeto que ajudou a construir está consolidado. Ele ressaltou o trabalho realizado pela equipe e expressou sua confiança de que o Botafogo continuará crescendo e alcançando grandes feitos no futebol brasileiro e internacional.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Mazzuco aproveitou a oportunidade para agradecer sua família pelo apoio incondicional ao longo de sua jornada no futebol, reconhecendo a importância de conciliar a vida profissional com a pessoal. Ele também estendeu seus agradecimentos ao estafe do clube e à imprensa que o acompanhou durante sua passagem pelo Botafogo.

Por fim, Mazzuco deixou uma mensagem de otimismo para os torcedores, pedindo que continuem apoiando e torcendo pelo Botafogo, pois acredita firmemente que o clube está no caminho certo para alcançar ainda mais sucesso no futuro.

Com a saída de André Mazzuco, o Botafogo se despede de um período marcado por conquistas e consolidação, mas os sentimentos de gratidão e esperança permanecem vivos entre os torcedores, que reconhecem o legado deixado pelo dedicado diretor de futebol.