Botafogo já definiu quantos reforços vai contratar nesta janela

A partir do dia 10 de julho, o Botafogo entrará em ação na janela internacional de transferências com o objetivo claro: fortalecer seu elenco. 

Segundo informações do jornal “O Globo”, o clube alvinegro está determinado a concluir o período de vaivém com a contratação de quatro novos jogadores, enquanto alguns atletas poderão deixar o elenco para manter a eficiência operacional. Para saber mais detalhes acompanhe as informações a seguir no Portal do Botafoguense.

Botafogo planeja agitar mercado de transferências com quatro reforços

Até o momento, o Botafogo já avançou significativamente no seu planejamento, garantindo dois reforços de peso: o volante Allan, com passagens por Vasco, Napoli e Seleção Brasileira, e o atacante Igor Jesus, jovem promessa vinda do mundo árabe para competir pela posição de destaque no ataque alvinegro.

Os próximos alvos do Botafogo incluem um meia habilidoso que jogue pela esquerda e um zagueiro de confiança para reforçar a defesa. Para a posição de meia, os olhos estão voltados para Almada, do Atlanta United, um jogador com experiência internacional e visão de jogo que pode agregar qualidade ao meio-campo botafoguense. 

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Outro nome cogitado é Coutinho, ex-Barcelona e com passagens por grandes clubes europeus, embora ele tenha manifestado preferência pelo Vasco neste momento.

Na defesa, o Botafogo está interessado no zagueiro Mina, ex-Palmeiras e atualmente no Cagliari, da Itália, cujo contrato está próximo do fim. Mina, conhecido por sua liderança e técnica, poderia trazer estabilidade e segurança ao setor defensivo alvinegro.

O técnico Artur Jorge expressou sua visão sobre as contratações: “Estamos buscando aumentar a competitividade interna do elenco. Não estamos apenas procurando titulares absolutos, mas sim jogadores que possam agregar valor ao time”.

Com esses movimentos, o Botafogo visa não apenas reforçar seu plantel, mas também elevar o nível de competitividade para as próximas competições, demonstrando um compromisso claro com o fortalecimento da equipe para os desafios que virão.