Bastidores da arbitragem foram revelados e Felipe Neto ficou maluco

Não contente com as reclamações feitas na hora do jogo e depois do apito final, após a CBF divulgar o áudio do VAR, Felipe Neto novamente se manifestou. O influencer digital e empresário utilizou novamente o X, antigo Twitter:

“Esse é o áudio do VAR liberado pela CBF. Se essa árbitra de vídeo não for afastada, será um escárnio com o futebol brasileiro. Ela briga com a imagem, ela luta com o óbvio, ela se esforça para MENTIR e manipular o lance. Um absurdo.” – confira também o vídeo publicado!

Em todo áudio divulgado pela CBF a árbitra responsável Charly Wendy Straub Deretti do quadro da Fifa e de Santa Catarina parece querer mudar a situação. A mesma afirma diversas vezes que há o contato mas que a força utilizada não foi excessiva.

Participe agora do nosso grupo exclusivo do Whatsapp, Telegram ou acesse nossas comunidades.

Felipe Neto reclamou mais que o Botafogo

Segundo a árbitra, a entrada foi com intensidade média e por isso, não precisa da apresentação do cartão vermelho. O árbitro de campo enxergou somente bola na jogada e por não ser sugerido a revisão, segue no lance com somente o cartão amarelo, recomendado em seu ponto:

“Por essa imagem, ele erra a bola e o que atinge (o Gregore) não é nem a trava, é a parte do meio da chuteira. Não vejo uma intensidade alta para cartão vermelho. Eu só preciso entender a intensidade. Pela (câmera) dois, tem o contato em cima depois ele termina em baixo, no chão. Eu não vejo intensidade alta e nem ponto de contato pleno para cartão vermelho. Vocês concordam?” – disse Charly.

Felipe Neto está reclamando mais que o Botafogo do lance e isso para muitos torcedores (nas redes sociais) está errado. Afinal, se o clube não reclama por situações como essas, a CBF não muda nada e segue com essa “perseguição” ao Glorioso.